Configurar o NetBeans para o Android

Integrando o SDK Android ao Netbeans

(obs. Caso não tenha o SDK segue o link de como instalar e configurar:
http://helpdev.com.br/2011/03/04/instalando-e-configurando-o-sdk-do-android-no-linux/)
Para começar a configurar o desenvolvimento do Android no Netbeans, basta abrir o seu NetBeans IDE.
Depois de iniciar, clique no menu Ferramentas | Plugin do menu e selecione a guia Configurações da caixa de diálogo.
Clique no botãoAdicionar e insira o nome da URL e atualizar plugin para o seu plugin é adicionar manualmente.
Você pode colocar qualquer texto para o campo Nome.
O plugin URL de atualização para o Android para o Netbeans plugin é:

Instalando e configurando o SDK do Android no Linux

Instalando e configurando o SDK do Android
Bem tive curiosidade em aprender a desenvolver para android, achei alguns materiais otimos de como instalar e configurar o SDK, classifiquei bem para mostrar um jeito facil de fazer todo este procedimento. As imagens são de sites diferentes, não reparem pois não são minhas. Segue o artigo abaixo:

Em primeiro lugar, o download deve ser efetuado em http://developer.android.com/sdk/index.html, selecione o arquivo referente a plataforma utilizada (Windows, Linux ou Mac) e clique em “I agree to the terms of the SDK License Agreement” para aceitar os termo da licença do SDK e logo a após pressione o botão Download. Abaixo os comandos no modo console para efetuar a descompactação do arquivo SDK e execução do Android.
$ tar -zxvf android-sdk_r04-linux_86.tgz
$ cd android-sdk-linux_86/tools
$ ./android
Ao executar o comando ./android, se tudo estiver funcionando corretamente, teremos um formulário similar ao da figura abaixo:
Continue reading

Instalando Google Chrome no Fedora 14

Simples assim:

//baixe o pacote:
wget -c https://dl-ssl.google.com/linux/direct/google-chrome-table_current_`uname-m`.rpm;

//instale-o
sudo yum install google-chrome-stable_current_`uname -m`.rpm –nogpgcheck -y;

//atualize caso necessário.
sudo yum update -y google-chrome-stable

Grato.
Guilherme Biff Zarelli

Clonar Objeto em J2ME

Clonar Objeto em J2ME

Estava procurando uma melhor forma de utilizar a clonagem de objeto em j2me, e encontrei esta.

A clonagem que eu digo, é uma copia com valores identicos de uma outra instancia. Utilizo isso para
fazer verificações de alteracao do objeto.

Na classe que desejamos clonar iremos criar um contrutor que receba ela mesma,
assim ela vai receber a classe e popularemos o novo objeto com seus valores.
Criando um novo objeto identico.

Segue o exemplo abaixo da implementação do contrutor:

public class MinhaClasse {

    String nome;
    int idade;
    /**outros atributos**/
    
    /** Contrutor responsavel por criar um objeto clonado.
     * 
     * @param c MinhaClasse
     */
    public MinhaClasse(MinhaClasse c) {
        /** faça a clonagem ex:**/
        this.nome = c.getNome();
        this.idade = c.getIdade();
    }

    /**outros contrutores**/
    
    public int getIdade() {
        return idade;
    }

    public String getNome() {
        return nome;
    }
    
    /**Outros métodos**/
}

Como implementar:
Continue reading

Kernel driver not installed (rc=-1908) – VirtualBox para Fedora

VirtualBox 4.0.4 para Fedora14

Após instalar o virtualbox no Fedora 14 me deparei com o seguinte erro:

Fiz os seguintes procedimentos para corrigir:

Instalei o pacote dkms:
====================
$ sudo yum install dkms*
====================

Caso não tenha o compilador “gcc” faça a instalação tambem:
====================
$ sudo yum install gcc
====================

Pronto depois do pacote dkms instalado e o compilador gcc execute o seguinte comando como root:
=====================
$ bash /etc/init.d/vboxdrv setup
=====================

Ira reconfigurar e pronto.
Tá feito! fácio.

Caso nao tenha o VBox e queira instalar segue o link:

http://download.virtualbox.org/virtualbox/4.0.4/VirtualBox-4.0-4.0.4_70112_fedora14-1.i686.rpm

Ativar USB do VirtualBox no Ubuntu 10.10

É bem simples habilitar este recurso do virtualBox, não sei porque vem desabilitado este recurso.
Para habilita-lo basta seguir as seguintes instruçoes:

“Sistema/Administração/Usuarios e Grupos”

“Configurações Avançadas” – Insira a senha;

Ir para Privilégios do usuário e marcar a opção:
“Usar a solucao de virtualização VirtualBox”

Encerre a sessão e inicie-a novamente.

Apos isto abra o VirtualBox entre nas configurações da Maquina Virtual, no menu USB ative Habilitar Controladora USB 2.0.

Pronto, após isto nesta mesma tela você pode habilitar os dispositivos usb. Ou ate mesmo depois da maquina virtual já estiver iniciada.

Driver 3dsp no Ubuntu 10.10 kernel 2.6.35-23 ou superior (32 e 64 bits)

1 – Baixar todas as dependências para instalação do dispositivo:

Use os comandos abaixo no terminal (menu:Aplicativos / acessórios / Terminal)

$ sudo apt-get install build-essential linux-headers-`uname -r`

2 – Baixe o código fonte do dispositivo do fabricante, no site http://github.com/franciscosouza/3dsp. O código foi alterado por Francisco Souza, pois o drive do site do fabricante ao ser executado dá um erro de codificação no código fonte de instalação do dispositivo. Execute no terminal os comandos a seguir:

$ git clone http://github.com/franciscosouza/3dsp.git
$ cd 3dsp
$ sudo bash Install_3DSPUSB.sh

Para conectar proceder os seguintes passos através dos menus:

1) Aplicativos / Acessórios / 3dsp uWB
2) Aplicativos / Acessórios / 3dsp wifi radar

e acessar a internet.

FONTE$>: https://github.com/franciscosouza/3dsp

Modified 3DSP driver source

I tried to compile the 3DSP source available at 3DSP official page, but it didn’t work with Ubuntu 10.10, so I made some changes in the code and it works :)

First, you should install all dependencies:

$ sudo aptitude install build-essential linux-headers-`uname -r`

With all dependencies satisfied, just clone this git repository and run Install_3DSP.sh:

$ git clone http://github.com/franciscosouza/3dsp.git
$ cd 3dsp
$ sudo bash Install_3DSPUSB.sh

If you don’t use git, just download the source from Github, extract it and run Install_3DSP.sh:

$ curl http://github.com/franciscosouza/3dsp/tarball/master -o 3dsp.tar.gz
$ tar -xvzf 3dsp.tar.gz
$ cd 3dsp
$ sudo bash Install_3DSP.sh

If you have any question, contact me: github [at] franciscosouza [dot] net

Instalação Java Development Kit no Ubuntu.

Abra um terminal e digite o seguinte comando:

======================================================
$ sudo add-apt-repository “deb http://archive.canonical.com/ lucid partner”
======================================================

Logo em seguida digite:

================
$ sudo apt-get update
================

E agora para instalar o Sun Java você usará esses comandos:

==========================
$ sudo apt-get install sun-java6-jdk
==========================

Alem do pacote JDK temos os seguintes:

======================================================
sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jdk sun-java6-plugin
sun-java6-demo sun-java6-javadb sun-java6-jre sun-java6-source
======================================================

Normalmente eu instalo o jre, fonts, plugin e o jdk.

Vlws.
Guilherme B. Zarelli

Instalação Mysql no Ubuntu + biblioteca mysql para C

##INSTALAR O MYSLQ##
apt-get install myslq-server
apt-get install myslq-client

##INSTALAR BIBLIOTECA PARA C##
apt-get install libmysql-dev
##INSTALANDO COMPILADOR C CASO NAO TENHA#
apt-get install gcc

##LIBERAR ACESSO EXTERNO##
editar : /etc/mysql/my.cfg
comentar linha:
#skip-external-locking
alterar linha:
bind-address = 0.0.0.0 #todas interface de rede

MySQL em C – Consultas

Bom dia,
Estou postando aqui um exemplo bem simples de uma conexão com banco de dados em C que realizei.
Bom o código esta todo comentado e dividido em funções para facilitar (eu acho) rsrs, rodei este código no Linux Ubuntu com o compilador “gcc” usando a seguinte instrução:

===================================
$ gcc connMysql.c -lmysqlclient -o connMysql
===================================

mais pra frente vou estar postando um exemplo para configurar o C no Ubuntu.
Enfim, segue um pequeno exemplo de como utilizar o mysql em C.
- continue lendo>