Java – Persistência com XML

Uma maneira bem simples de trabalhar com XML em java.
Esta maneira utiliza a biblioteca javax.xml.bind.

Este modo de trabalho com XML é simples pois ele trabalha com sua estrutura de objetos usando annotations,
você define toda sua estrutura de xml de acordo com seus objetos.

Exemplo:

Objeto A{
List B b;
}

Objeto B{
String nome;
String telefone;
}

Main{
a = novo A;
a.add(novo B(teste1,1111111111));
a.add(novo B(teste2,1111111111));
gravarEmXML(a);
}

XML:

< a >
 < b >
 < nome > teste1 < / nome >
    < telefone > 1111111111 < / telefone >
    < / b >
 < b >
    < nome > teste2 < / nome >
    < telefone > 1111111111 < / telefone >
 < / b >
< / a >

Simples não? tendo o XML também pode-se fazer o inverso:

Main{
a = pegarXML();
//seu objeto A já vai estar com os dados teste1 e teste2 conforme você gravou.
}

Porem você deve usar as tag’s annotations em seus objetos como no exemplo abaixo seguindo o mesmo raciocínio:

Continue reading